Dólar: O fim que nunca chega

De Davos, Stephanie Flanders escreve (aqui):

Davos: What’s going to happen first – sensible US fiscal policy, or a global revolt against the dollar? In all my discussions about the global economy so far here in Davos, that’s the question we keep coming back to.

Ao final:

But looking at the way the global economy is shifting in China’s favour, many I’ve spoken to here think the emergence of the renmimbi as a serious alternative to the greenback is only matter of time. If the past few years are any guide, this supposedly long-term change might well happen faster than we think.

To return to where I began – the question is whether the US can stop borrowing dollars before the world stops wanting to buy them.

O fato é que desde o fim de Bretton Woods no início dos anos 70, volta e meia aparecem relatórios sobre a “morte” do dólar. O obituário foi sempre precoce. Basta digitar “End of Dollar” ou “Death of Dollar” no Google e ver milhares de páginas referenciando o assunto.

Para muitos, a questão do dólar é assunto da maior seriedade. Um exemplo: escrevendo em julho de 1995, Diane Kunz, professora de história da Universidade de Yale afirmava que o dia de agosto que marca a vitória aliada no Japão na segunda guerra mundial (V-J Day), também marca o início da era do dólar e que, “se, apesar das manifestações de Rubin, a administração não modificar sua política de laissez-faire com relação ao dólar, o qüinquagésimo aniversário da vitória aliada (que seria celebrado em agosto daquele ano) também marcaria o seu colapso”.

Essas manifestações crescem sempre que o dólar se aproxima do “piso” contra cestas de moedas, como observado na figura. Se, ao mesmo tempo o déficit público está elevado, o diagnóstico de “morte”, como em 1995, é mais “vibrante”. No entanto, entre 2007 e agora o déficit público saiu de 1.5% do PIB para próximo de 10% e o dólar flutuou dentro da “banda” demarcada pela média e “piso”.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.